As noticias e comentários do dia a dia de uma pequena aldeia da freguesia de Aldeia das Dez no concelho de Oliveira do Hospital.

.Novas noticias

. Nevoeiro de verão

. O CHEIRO DA SERRA

. SÓ DIGO A VERDADE

. PUREZA DE ESPIRITO

. RIO ALVA

. GOULINHO ESTÁ MAIS ...

. MONTE DO COLCURINHO

. FALSOS CRENTES

. ALDEIA DAS DEZ É LIN...

. GOULINHO --- REQUALIF...

. RECORDAR É VIVER

. AMAR A VIDA

. SENHORA DAS PRECES

. TOPONIMIA NO GOULINHO

. GENTE DO POVO

. A MINHA APRESENTAÇÃO

. O QUE SERÁ DO MEU GO...

. RECADOS

. ERICA VULGARES-----URZE

. MARCHA DO GOULINHO

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Terça-feira, 8 de Maio de 2012

GOULINHO --- REQUALIFICAR !!!

 

Fala-se,  mas  de  concreto,  o  povo  pouco  ou  nada  sabe, quem  o  sabe  não  o  diz,  outros  também  sabem,   mas  parece  terem  medo  de  confirmar,  outros  dizem  ouvi  dizer,  não  sei  se  é  verdade…

 

Há  quem  conte  alguma  coisa,  mas  de  imediato  pede  segredo ,  há  quem  diga , ouvi  dizer  que  vão  fazer  qualquer coisa  mas  não  sei  o  que  é!

 

Outros  perguntam,  então  vão  fazer  obras  cá  na  terra?  Recebe-se  como  resposta,  dizem  que  sim  mas  eu  não  sei.

 

É  assim  desta  forma,  que  o  povo  do  meu  Goulinho  é  informado,  do  projecto  de  requalificação,  que  segundo  se  diz,  já  está  aprovado,  para  alindar… a  nossa   terra  espero  eu,  que  não  seja  só  obra  de  fachada  para  dar  nas  vistas  a  quem  passa  e  as  entranhas  do  Goulinho  sejam esquecidas ( a  Rua  da  capela  está  uma  vergonha,  cimentada,  a  chamada  Quelha  para  o  Outeiro  agora  Rua  da  Forja  merece  uma melhor  atenção  há  quem  diga  que   proprietário  do  terreno  confinante  deixa  fazer  o  alargamento  do  mesmo  seria  óptimo  aproveitar  a  oferta,  de  modo  a  que  um  carro,  uma  ambulância,  ou  bombeiros , poderem  chegar  á  parte  mais  antiga  do  Goulinho. O  caminho  da  Carvalha  para  o  Outeiro  merecia  ser  reparado, com  calçada portuguesa,  retirando  o  cimento  existente,  mas  como  a  minha  opinião  vale  zero,  tudo  o  que  se  fizer  á  beira  da  estrada  é  muito  mais  importante (é  como  alguém  muito bem vestido  por  fora  mas  muito  sujo  por  dentro).

 

Não  teria  sido  importante,  que  a  ADGou,  aquando  da  requalificação  da  estrada , tivesse   tomado uma  atitude  reivindicativa ,  junto  da  Câmara  Municipal,  e  Junta  de  Freguesia,  para  que  a  nossa   fonte  velha,  e  a  entrada  do  caminho  para  as  almas,   bem  como  o  local   onde  existia  o  morro frente  á  casa  do  Dr. Luciano ( um parque  de  estacionamento  )  ficassem  condignamente  arranjados?  Mas  como  a  ADGou,  só  se  preocupa  em organizar  uma  festa  anual   não  há  tempo  para  reivindicar  o  que  a  nossa  terra  precisa.

 

Não  sei  o  dinheiro  que  existe. Possivelmente  é  pouco,  e  não  dará  para  tudo  isto,  mas  porque  não fazer  o  que  demais  o  Goulinho  precisa,  a  olhos  vistos,  e  esquecer  as  obras  de  fachada? 

 

Mas  eu  como  Goulinhense  pergunto,  se  o  projecto  está  aprovado,  e  segundo  se  fala, “ mas  a  medo,”  com  o  apoio  da  Câmara  Municipal,  e  Junta  da  Freguesia , porque  não  pôr  a  planta  do  projecto  em  local  próprio (na vitrina  existente  na  terra já que a  mesma  serve  para  vários  tipos  de  informação  também  deve  de  servir  para  a  planta  do  dito  projecto)  e  porque  não  servir  para  o  efeito  a  vitrina  da  ADGou  Associação  de  Desenvolvimento  do  Goulinho?

 

Se  tal  fosse  feito  evitava-se  o  “disse que disse,” os  habitantes  do  Goulinho  têm  todo  o  direito  de  saber  o  que  se  vai  fazer  na  nossa   terra,  seja  bem,  ou  seja  mal. E  mais  é  preciso  que  se  saiba,  que  o  dinheiro  é  do  povo,  e  como  tal  deve  de  ser  bem  gerido,  e   gostamos  de  saber  como  vai  ser  gasto  e  onde…

 

Já  há  muitos  anos,  que  no  Goulinho,  se  tem  feito  obras  sem  ouvir  o  povo,  para  estas,  o  povo  pouco ou  nada   sabe,  não  teria  sido  importante  fazer  a  discussão  deste  projecto,  em  local  próprio  na  ADGou  nas  festas  de verão?  Teria  uma  discussão  mais  abrangente,  e  isso  sim  eu  chamava  democracia.

 

P.S.  Este  artigo  pode  ser  polémico,  mas  nunca  me  furtei  de  dizer  o  que  penso, e  falar  naquilo  em  que  eu  acredito,  tudo  isto,  provém  do  que  me  ensinaram,  do  que  eu  vi,  e  ouvi,  sobretudo  daquilo  que  eu  já  vivi.

 

Creio  na  família,  que  é  o  meu  suporte,  e  sem  a  qual  eu  não existia.

 

Creio  nos  verdadeiros  amigos  cujos  braços  e  abraços  são  fonte  permanente da minha inspiração.

 

Creio  na  solidariedade  e  na  coragem  que  me  obriga  a  falar  do  Goulinho.

 

Creio  na  competência  e  na  ética  como  fundamento  do labor.

 

Creio  no  inconformismo  responsável  porque  ele  é  motor  da  transformações.

 

Enfim  creio  no  meu  Goulinho e no  meu   País,  que  é  Portugal  onde  quero  morrer.      

 

  

publicado por vozdogoulinho às 18:51
link do post | favorito
De Sílvia lourenço Almeida a 25 de Junho de 2012 às 21:24
Em virtude do autor do blog não pretender responder ao contraditório baseado em princípios e códigos de ética, venho em meu nome (única e exclusivamente) fazer os seguintes esclarecimentos, que penso serem necessários, não para quem conhece a realidade e o autor do blog, mas para aqueles leitores que podem através deste contraditório e da ausência de esclarecimento formar uma imagem errónea do autor do mesmo.
O contraditório é iniciado com base num ataque logo directo ao nome do blog em si. Tendo em conta que como afirma não lê o mesmo porque não tem tempo é natural que não saiba como o nome surgiu, mas passando esse pormenor à frente, desde o dia 25 de Abril de 1974 que existe uma coisa chamada “Liberdade” que veio permitir que as pessoas se expressem da forma que pretenderem e como tal se alguém criar o blog das Marias, certamente que não fala por todas as “Marias” do mundo… seria pretensão pensar que o autor do blog por ter dado este nome ao mesmo se considera a voz “mandatada” para o efeito… Mas como não pretendo ser extensa neste esclarecimento vou apenas focar aquilo que acho ser fundamental e de onde advém o que penso ser os maiores lapsos no contraditório:
- Todo ele é baseado na interpretação que um leitor deu ao texto em si. Ou seja, ao ler um post tornou a sua interpretação (ou seja a sua verdade) na suposta verdade do autor o que não poderia ser mais incorrecto. O texto tem inúmeras expressões que assim o afirmam: “por me parecer pretensioso e despropositado”, “insinuarem”, “visa insinuar”, “continua com insinuações”, “começa-se a perceber o autor”, “os leitores cedo percebem qual é o objectivo da notícia”, “insinuação maliciosa”, “o leitor atento já deduziu”, “deduz-se”… Para que não fiquem dúvidas cumpre-me informar que em nenhum momento neste blog, quer nesta quer noutra qualquer noticia, alguma vez se colocou em causa a seriedade e bom nome de quem quer que seja. Aqui apenas se debate ideias e se nomeia instituições, órgãos, associações, onde mesmo quando se discorda nunca, mas nunca foi colocada a honestidade, seriedade e boas intenções de quem pertence às mesmas. Existe a maturidade de discordar com respeito pelas pessoas e ter o respeito de simplesmente concordar em discordar. Quem quer que conheça o autor do blog sabe que nunca na sua vida se regeu por insinuações maldosas ou instigou maledicências em relação a quem quer que seja. Mais informo que ao longo do contraditório é dito diversas vezes que existem “locais próprios” para se falar e que o autor “preferiu refugiar-se no blog”, é de salientar mais uma vez a incorrecção destas informações até porque o autor do blog é sobejamente conhecido por ser uma pessoa frontal e directa que sempre participa nessas reuniões quando delas é informado (se calhar é por essa razão que geralmente não o é…).
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds