As noticias e comentários do dia a dia de uma pequena aldeia da freguesia de Aldeia das Dez no concelho de Oliveira do Hospital.

.Novas noticias

. Nevoeiro de verão

. O CHEIRO DA SERRA

. SÓ DIGO A VERDADE

. PUREZA DE ESPIRITO

. RIO ALVA

. GOULINHO ESTÁ MAIS ...

. MONTE DO COLCURINHO

. FALSOS CRENTES

. ALDEIA DAS DEZ É LIN...

. GOULINHO --- REQUALIF...

. RECORDAR É VIVER

. AMAR A VIDA

. SENHORA DAS PRECES

. TOPONIMIA NO GOULINHO

. GENTE DO POVO

. A MINHA APRESENTAÇÃO

. O QUE SERÁ DO MEU GO...

. RECADOS

. ERICA VULGARES-----URZE

. MARCHA DO GOULINHO

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Domingo, 26 de Outubro de 2008

História do Santuário de Nossa Senhora das Preces - I

Hoje ao acordar decidi contar a história do Santuário de Nossa Senhora das Preces, para os mais novos (e não só) penso ser de bastante interesse. Vai ser contado em episódios pois história tão rica não se resume num só dia…

 
I - A Capela da Nossa Senhora das Necessidades
 
Desde as mais remotas eras da nacionalidade portuguesa se começaram a erguer igrejas e capelas dedicadas à Virgem Mãe de Deus.
À medida que se conquistava aos mouros o solo desta faixa ocidental da península, começavam a cavar-se os alicerces e levantar-se as paredes de grandes templos, como a igreja de Santa Maria de Alcobaça, a Catedral de Santa Maria de Coimbra,e tantas outras. Mas não era só nas cidades e terras populosas. Também nas aldeias e vilas da beira, nas margens do rio ou no alto dos montes se levantavam, pouco a pouco, igrejas e ermidas.Com o andar do tempo, o seu número foi aumentando. Arganil fundou o Santuário do Monte Alto; Côja construiu a capela de Nossa Senhora das Neves ;Vila Cova, a igreja Matriz, dedicada a Nossa Senhora da Natividade; Avô dedica à Virgem a sua igreja Matriz e a ermida de Nossa Senhora do Mosteiro; São Romão funda o Santuário de Nossa Senhora do Desterro; Aldeia das Dez levanta no Alto do Colcurinho (este nome segundo alguns provêm de um general romano que ai se teria instalado) e depois no Vale de Maceira o Santuário de Nossa Senhora das Preces. Todos estes Santuários ficam na margem ou à vista do rio Alva o que levou certo autor a chamar-lhe o rio sagrado (Vide -- José Leite de Vasconcelos, Etnografia Portuguesa,Vol.ii,pag.16). Qual foi a origem do Santuário de Nossa Senhora das Preces? Qual a sua história através dos tempos? Eis as perguntas a que pretendemos dar uma resposta, na medida dos poucos elementos que conseguimos obter. Todos os autores que se têm referido ao Santuário dizem que ele é frequentadíssimo de romeiros, e um dos mais afamados de toda a Beira, mas nenhum aponta a data da sua origem. Ora numa fria manhã de inverno, os autores do estudo em que me vou basear empreenderam a ascensão do monte do Colcurinho. Passaram no Vale de Maceira, ao lado do Santuário, e foram subindo encosta acima pelo caminho dos devotos peregrinos que lá vão nos dias de romaria e no regresso cantam:
 
Nossa Senhora das Preces
O vosso altar é de fitas
A Senhora do Cabeço
Manda-vos muitas visitas.

A subida é um tanto difícil, pois o cabeço é elevado (1242 metros), e o caminho íngreme e áspero. Mas por fim chegamaram ao alto. Lá está a capelinha de Nossa Senhora das Necessidades, no lugar onde esteve a primitiva de Nossa Senhora das Preces. É uma ermida simples, com sua porta virada ao poente, ladeada por duas frestas; com seu altar, com sua imagem bastante cuidada. Tinham sido informados que existia ali um castro ou castelo. Procuraram os vestígios, e efectivamente lá se conhecem ainda os alicerces de duas paredes paralelas á capelinha. Mas o que mais lhes despertou a curiosidade foi o Cruzeiro que se encontra ao lado da capela e as inscrições que nele estão gravadas. O cruzeiro é recente. Na base rectangular tem os seguintes dizeres: (na face da nossa direita) substituída em 1925; (na face da esquerda); pelo Presidente M.L.F..; (na frente); Apareceu aqui N.Sª das Preces ano de 1371.Vê-se pela inscrição que existiu ali outro cruzeiro, o qual, tendo-se desmantelado, foi substituído pelo actual e que houve o cuidado de copiar a inscrição do primeiro. Mais, o benemérito presidente da irmandade de Nossa Senhora das Preces, Manuel Lourenço Fernandes, que mandou fazer o actual cruzeiro, teve ainda o cuidado de conservar a antiga inscrição, encostando-a no muro ao lado do cruzeiro. Essa pequena pedra mutilada, pelo tempo, é o mais antigo documento escrito acerca do Santuário de Nossa Senhora das Preces. Observando-se o desenho verificamos que não foi copiada fielmente para o novo cruzeiro a inscrição primitiva, a qual dizia: Neste lugar apareceu N.Srª das Preças no ano de 1371. Na copia, o sentido ficou o mesmo, apenas mudando Pressas em preses (por Preces). De quando data a inscrição? Não se poderá saber ao certo, mas não é anterior ao século XVI, nem provavelmente posterior ao XVII, que não é anterior ao século XVI vê-se pelo tipo da letra empregue.
 
Bem por hoje ficamos por aqui… Mas não se preocupem que a saga continua!
publicado por vozdogoulinho às 18:38
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Lourdes Filipe Martinho a 27 de Outubro de 2008 às 18:55
Bom trabalho! Li com entusiasmo a descrição e fico a aguardar a conclusão, pois sempre senti curiosidade em conhecer a história o Santuário de Nossa Senhora das Preces.
De Maria Lúcia a 6 de Setembro de 2009 às 06:01
Muito interessante. Você tem uma imagem de Nossa Senhora das Preces e do Santuário?
Obrigada.
Maria Lúcia
De ANTONIO ASSUNÇÃO a 7 de Setembro de 2009 às 11:59
Dª Maria Lucia não percebi bem a pergunta será que queria a Foto de Nossa Senhora das Preces e do Santuario aqui no blog ou queria ter para si essas fotos ????????
António Assunção
De Maria Lúcia a 7 de Setembro de 2009 às 12:31

António,
Seria bom que as colocasse no blog. Gostaria, ao mesmo tempo, de copiar e guardar a imagem de Nossa Senhora das Preces, que ainda não tenho.
Muito obrigada e fique com Deus.
Abraços
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<BR>António, <BR>Seria bom que as colocasse no blog. Gostaria, ao mesmo tempo, de copiar e guardar a imagem de Nossa Senhora das Preces, que ainda não tenho. <BR>Muito obrigada e fique com Deus. <BR>Abraços <BR class=incorrect name="incorrect" <a>vivanossasenhora.blogspot.com</A>
De Maria Lúcia a 7 de Setembro de 2009 às 13:24
António,
Deixei um coment. em meu blog e respondi-lhe por e-mail, mas não tenho a certeza que o receberá. Não consigo incluir o link, pois dá um erro. Verificarei mais tarde.
Bjs.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds