As noticias e comentários do dia a dia de uma pequena aldeia da freguesia de Aldeia das Dez no concelho de Oliveira do Hospital.

.Novas noticias

. Nevoeiro de verão

. O CHEIRO DA SERRA

. SÓ DIGO A VERDADE

. PUREZA DE ESPIRITO

. RIO ALVA

. GOULINHO ESTÁ MAIS ...

. MONTE DO COLCURINHO

. FALSOS CRENTES

. ALDEIA DAS DEZ É LIN...

. GOULINHO --- REQUALIF...

. RECORDAR É VIVER

. AMAR A VIDA

. SENHORA DAS PRECES

. TOPONIMIA NO GOULINHO

. GENTE DO POVO

. A MINHA APRESENTAÇÃO

. O QUE SERÁ DO MEU GO...

. RECADOS

. ERICA VULGARES-----URZE

. MARCHA DO GOULINHO

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Domingo, 15 de Janeiro de 2012

ERICA VULGARES-----URZE

 

É muito conhecida em Portugal, esta planta (que nós no meu Goulinho chamamos de urgueira ) nasce espontaneamente em solos pobres, mas tem propriedades medicinais muito ricas para a nossa saúde.

 

A Urze ( calluna vulgaris ou erica vulgaris) pertence à família das Ericáceas. Este arbusto tão comum na flora mediterrânica também é conhecida por Torga, Queiró, Queiroga, Mongariça, Carrasca, Urze do Mato, Barba do Mato, Quebra Panelas, ou Urze Roxa, o seu nome varia de região para região.

 

Este arbusto, é oriundo da Eurásia temperada, cresce em abundância em quase todas as regiões do hemisfério norte, é muito abundante em Portugal continental, e nas ilhas nos Açores, a planta é protegida, nesta ilha, cresce em locais secos, de cascalho e nas ravinas.

 

 A urze, pode atingir um metro de altura, é lenhosa, podendo das suas raízes, ( Torga ) fazer-se carvão. A urze, floresce entre Junho, e Outubro, as suas flores são de vários tons, de rosa, até ao lilás, e brancas, o seu perfume é muito suave, e doce, dai ser muito apreciado pelas abelhas, e pelos Apicultores, esta planta é muito resistente, pode viver cerca de quarenta anos.

 

Medicinalmente contem flavonóides (campferol, quercitina, arbutina, calolina), glucósidos da hidroquinona (arbutósido), taninos, procianidinas oligomêricas,derivados do ácido cafeico,fenóis, triterpenos, esteróis, ácido cítrico, óleos voláteis, carotenos e um alcalóide, a ericodina.

 

As suas propriedades devido aos glucósidos da hidroquinona, a urze tem uma acção anti - sêptica sobretudo das vias urinárias, sendo muito útil no tratamento de cistite, na uretrite, hiperplasia benigna da próstata , heperuricémia, gota, reumático, pedra na bexiga, é ainda diurético, depurativo e adstringente, infecções orfanológicas e vulvulares, hipertensão arterial e em cataplasmas, para tratamento das frieiras, dores articulares, e reumáticas, e eczemas.

 

 

 

N.B. Este escrito, foi retirado, da revista Plantas e Jardinagem, reproduzo-a , por saber da existência deste arbusto, na nossa região, e convicto que esta informação pode ser de grande importância para as nossas gentes.

 

 

 

publicado por vozdogoulinho às 15:39
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Lourdes a 16 de Janeiro de 2012 às 09:57
É, sem dúvida, uma das espécies de mato mais vulgares na nossa serra e dão-lhe um colorido fantástico quando florescem. No Sobral chamam-lhe também "moita" e a espécie predominante é cor de rosa mas, também se podem encontrar algumas espécies de cor branca.
Beijinhos
Lourdes
De José Cavaca a 16 de Janeiro de 2012 às 20:19
Meu bom amigo, no proximo Sábado vamos pedalar por Goulinho!!! Caso esteja por lá, diga algo.

Grande abração

José Cavaca
De António José a 16 de Janeiro de 2012 às 21:13
Olá Amigo e vizinho António Assunção, boa noite.
Tenho visitado o seu Blogue e apreciado os seus conteúdos
regularmente, mas porque ainda não tenho idade para a reforma,
o tempo disponível, para alinhar ideias e fazer comentários na
Net, muitas vezes é escasso ; Porem hoje calhou e deixo-lhe aqui
expresso que, na minha opinião,o seu Blog ( Não tendo a intensi-
dade sequênçial que outros poderão ter )também é uma boa mais
valia, nos meios sociais comunicativos da nossa Região.
Passando a falar da urze, que na minha Terra ( Sobral Gordo ) se
chama, moiteira ,tendo essas virtudes todas,posso também aqui-
acrescentar, que era dos paus de moiteira que eu fazia os
barbilhos, para por aos cabritos e borregos e não mamarem de
noite; E também era dos paus de moiteira que na minha aldeia
se faziam os viros ( pregos de madeira ) para pregar os tampos
dos cortiços; E eu no meu ( ATL) da Instrução Primaria muitos molhos de moiteira eu cortei e carreguei as costas, para as refeiçoes e camas, das minhas cabras e ovelhas!! Belos tempos!!.

Amigo António Assunção, Um abraço e até uma próxima.


António José.
De voz do goulinho a 17 de Janeiro de 2012 às 09:08
S. António josé foi um prazer saber que o amigo tambem é tal como eu um beirão de gema sim confirmo tudo o que diz soubre as moiteiras tambem nos meus tempos de menino vivi toutas essas vivencias.
Um abraço e volte sempre

António Assunção

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds