As noticias e comentários do dia a dia de uma pequena aldeia da freguesia de Aldeia das Dez no concelho de Oliveira do Hospital.

.Novas noticias

. Nevoeiro de verão

. O CHEIRO DA SERRA

. SÓ DIGO A VERDADE

. PUREZA DE ESPIRITO

. RIO ALVA

. GOULINHO ESTÁ MAIS ...

. MONTE DO COLCURINHO

. FALSOS CRENTES

. ALDEIA DAS DEZ É LIN...

. GOULINHO --- REQUALIF...

. RECORDAR É VIVER

. AMAR A VIDA

. SENHORA DAS PRECES

. TOPONIMIA NO GOULINHO

. GENTE DO POVO

. A MINHA APRESENTAÇÃO

. O QUE SERÁ DO MEU GO...

. RECADOS

. ERICA VULGARES-----URZE

. MARCHA DO GOULINHO

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Domingo, 20 de Setembro de 2009

Goulinho e a falta de água...

Mais uma vez dois dias sem água… culpa de quem? De uma canalização degradada e mal feita desde o inicio da sua construção ainda era presidente o Sr. António Saraiva o que me leva hoje novamente a escrever o que já aqui foi escrito em carta aberta ao Sr. Presidente Mário Alves (actual Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital). Ou seja, porque não suspender a construção da conduta de água que está a ser reactivada ao longo da estrada do Goulinho para Aldeia das Dez e com a verba destinada à dita conduta fazer uma nova canalização no Goulinho e para o Vale de Maceira? Só com esta obra o cancro será curado evitando assim deslocação de pessoal viaturas e máquinas todos os meses e mais que uma vez para descobrir onde estão as rupturas e abrir as escavações para fazer as respectivas reparações e após as mesmas serem efectuadas ficamos várias semanas à espera da reposição das calçadas e do alcatrão consoante o local onde as escavações foram feitas.


Enquanto não for feita uma nova canalização continuamos com graves deficiência no abastecimento, continuamos a ir à fonte buscar água para fazer a comida… porque aparentemente voltámos à idade média, mas continuamos a pagar o aluguer dos contadores! Obrigam pessoas idosas a ir buscar a água à fonte, muitas delas com a saúde muito debilitada pelo peso dos anos pelo que mereciam no mínimo um pouco mais de respeito por parte daqueles que nos governam.
Quanto aos gastos nas várias deslocações para fazer estas reparações que são só remendos de pouca dura, era bom pensarem em curar o mal pela raiz fazendo obra nova poupando assim muito dinheiro que é do erário público, no fundo dinheiro de todos nós que deve ser bem gerido por aqueles que foram por nós eleitos.
 

publicado por vozdogoulinho às 16:49
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Luantes a 20 de Setembro de 2009 às 20:26
Este é realmente um problema que afecta muitas aldeias e até cidades deste país
Utilizam o dinheiro publico para comprar mais uma viatura nova topo de gama para o presidente sde deslocar fazendo neta altura de ekleições uma série de inaugurações que acabam por não funcionar correctamente
Mas deixam populações inteiras a passar sede por falta de agua em locais onde a agua é mesmo boa e com abundancia
Mas a maior parte do tempo em vez de se beber agua pura e cristalina, bebe se agua cheia de barro e com fortes sabores a hipóclorito
São os autarcas que temos
paciencia
De bcmantunes a 22 de Setembro de 2009 às 22:27
Ora viva, amigo António Assunção,
cordiais cumprimentos.

Na verdade existem diversas populações com problemas de abastecimento de água e de saneamento básico.
Diga-se paciência, ou outra forma de encolher ombros, todos os gestos que resultem em resignação não resolve.
Os responsáveis têm que perceber que há pessoas prejudicadas em diversos aspectos.
Porque lhes defraudam as expectativas. Porque estão a pagar um bem essencial que não têm.
Além disso, na factura da água existem taxas, exercidas sobre coisas que não tiveram.
Amigo António Assunção,
até à próxima,
um abraço,
Belchior Madeira Antunes
De Pedro Oliveira a 23 de Setembro de 2009 às 15:18
Caro António,
É nosso dever ser exigentes com quem é eleito.
A força da razão há-de vencer.
abraço de porto de mós
De Miguel Moura a 24 de Setembro de 2009 às 00:38
Confirmo que esta situação é vergonhosa. Eu era miúdo quando ia passar as minhas férias ao Goulinho e já na altura, a falta de água era uma situação complicada de gerir. Já passaram cerca de 35 anos e tudo está na mesma...

Um abraço

Miguel Moura

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds