As noticias e comentários do dia a dia de uma pequena aldeia da freguesia de Aldeia das Dez no concelho de Oliveira do Hospital.

.Novas noticias

. Nevoeiro de verão

. O CHEIRO DA SERRA

. SÓ DIGO A VERDADE

. PUREZA DE ESPIRITO

. RIO ALVA

. GOULINHO ESTÁ MAIS ...

. MONTE DO COLCURINHO

. FALSOS CRENTES

. ALDEIA DAS DEZ É LIN...

. GOULINHO --- REQUALIF...

. RECORDAR É VIVER

. AMAR A VIDA

. SENHORA DAS PRECES

. TOPONIMIA NO GOULINHO

. GENTE DO POVO

. A MINHA APRESENTAÇÃO

. O QUE SERÁ DO MEU GO...

. RECADOS

. ERICA VULGARES-----URZE

. MARCHA DO GOULINHO

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Romaria de Nossa Senhora das Preces - 4 e 5 de Julho

Mais um ano passou e de novo ai temos a Romaria de Nossa Senhora das Preces já nos próximos dias 4 e 5 de Julho conforme o programa apresentado.

Hoje a Romaria já não tem a visibilidade que tinha no passado, onde todos os caminhos debitavam gente para este belo Santuário. Bem sabemos que os tempos hoje são outros, já não vimos os montes coloridos de gente alegre com os seus fatos garridos com cestos da merenda à cabeça cantado seus cânticos ao som de guitarras e concertinas a entoarem nos montes… Nos tempos que já lá vão os romeiros nos caminho era como um carreiro de formigas! Uns vinham motivados pela fé, outros vinham com a ideia do divertimento… Nesses tempos era tradição um grande arraial, com bailaricos e grandes desgarradas, os carrinhos de choque, carrosséis, enfim muito divertimento.
 
Os Romeiros hoje já não se deslocam a pé… Vêm em modernos autocarros ou no seu transporte próprio salvo alguém que em cumprimento de alguma promessa se desloque a pé.
Hoje a festa já não tem tanto entusiasmo relativo à parte profana, hoje a romaria é mais voltada para o religioso embora a na noite de 4 para 5 seja abrilhantada por um belíssimo conjunto que se espera venha a alegrar os visitantes pela noite dentro.
Há quem nestes dias suba ao monte do Colorindo (chamado também de Monte Miradouro) a pé, normalmente em grupo uns em cumprimento de promessas à Nossa Senhora das Necessidades outros porque é tradição lá ir ver nascer o sol e certamente que outros o fazem de carro.
 
Há quem chame a Nossa Senhora das Necessidades também Senhora das Preces, devido à lenda que diz andarem ali uns pastores a apascentar os seus rebanhos e terem encontrado uma imagem de Nossa Senhora que logo trouxeram para o povoado mais próximo que era o Vale de Maceira. Só que no dia seguinte a imagem já não estava no local onde tinha sido colocada, a mesma tinha desaparecido sendo de novo encontrada no mesmo local onde os pastores a tinham anteriormente encontrado isto repetiu-se por mais duas ou três vezes o que levou o povo a deduzir que Nossa Senhora queria era ser venerada lá no monte. Como tal decidiram construir no monte uma pequena capela  e mais tarde foi feita uma maior, que há alguns anos atrás foi devorada por um violento incêndio, sendo depois reconstruída pela Irmandade de Nossa das Preces com as ajudas dos crentes da região e de algumas terras distantes. Hoje a actual capela dedicada a Nossa Senhora das Necessidades é visitada anualmente por largas centenas de crentes.
 
Segundo a história o santuário nasce no Vale de Maceira pelo difícil acesso ao Monte do Colcurinho, uma vez que naquele tempo o acesso ao monte era muito difícil pois era feito por caminhos de cabras, nem caminhos florestais havia na época. Então o povo deitou mão à obra e construíram uma capela pequena que se pensa ser hoje onde está o altar da Senhora da Boa Morte na actual igreja. O Santuário foi adquirindo dimensão consoante as necessidades e as receitas deixadas pelos crentes.
Há quem questione o porquê do nome de Preces, este tem a ver com a fé das pessoas aqui a virgem Mãe e Mãe de Jesus é chamada de Preces noutras terras é Senhora da Saúde ou Senhora do Amparo ou Senhora do Rosário noutras será a Senhora do Bom Parto como nós crentes sabemos a Senhora é sempre a mesma, é a nossa Mãe do Céu, Mãe de Jesus, Nossa Mãe que a todos espera  receber de braços abertos neste seu Santuário que é a sua casa e a nossa casa. O MAIS BELO SANTUÁRIO MARIANO DAS BEIRAS!
 
Programa:
 

4 de Julho (Sábado):

 

17h-19h - Confissões

21h45 - Missa

22h - Via Sacra

23h - Arraial com o conjunto Tecloviola

24h - Fecho da Igreja

 

5 de Julho (Domingo)

 

7h - Abertura da Igreja

9h15 - Missa

11h - Missa Campal

16h - Terço

16h30 - Procissão

 

 

 

 

publicado por vozdogoulinho às 14:30
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Luis antunes a 1 de Julho de 2009 às 16:38
Meu caro amigo Assunção, ao ler esta mensagem fico muita pena de não poder deslocar me até Vale de Maceira para assistir a uma romaria que tem nome em toda a região
e sobretudo porque seria uma oportunidade d e nos juntarmos para petiscar e beber um copo
mas terá mque ficar para uma outra oportunidade
um abraço
Luis Antunes
De Lourdes a 1 de Julho de 2009 às 18:51
Olá António!
Longe vão os tempos em que saíamos de casa com o cesto da bucha à cabeça e percorríamos a pé, muitas vezes descalças, as tortuosas veredas, serra acima.
Só à entrada do Vale de Maceira nos arranjávamos. Lavávamos os pés nalguma poça ou numa levada, calçávamos os sapatos da Missa, ajeitávamos o carrapito e lá entrávamos no Santuário prontas para a festa.
Eram tempos muito difíceis, mas dávamos mais valor às pequenas coisas da vida...
Bom Domingo! Boa romaria!
Um abraço
De voz do Goulinho a 2 de Julho de 2009 às 08:22
Obrigado Lourdes pelo apoio quem tem dado a este blog sempre com os seus simpáticos comentários Obrigado António Assunção
De Teresa Neves a 1 de Julho de 2009 às 19:07
Caro amigo António!
A minha memória não vai tão longe... ao tempo das idas a pé à Romagem. No entanto, as histórias que ouvi contar dessas caminhadas conseguem "levar-me" até essa época, também retratada pelo par de Romeiros do GDC de Soito da Ruive e que vai ter a oportunidade de apreciar no seu Goulinho no dia 2 de Agosto . Não posso deixar de me lembrar das idas à Romagem com os meus avós (já de carro alugado desde o Soito da Ruiva) em que eles tinham sempre um "mimo" para os netos com a compra de algum brinquedo que fazia as nossas delicias de criança.
Um abraço.
Teresa Neves
De voz do Goulinho a 2 de Julho de 2009 às 08:37
Obrigado Dª Teresa pelo seu comentário o povo do Goulinho espera o simpático Grupo de Danças e Cantares do Soito da Ruiva no próximo dia 2 de Agosto de braços abertos ( FAÇO AQUI UM APELO ÀS GENTES DA SERRA DO AÇOR QUE GOSTEM DE VER E OUVIR O QUE GENUINAMENTE SE CANTAVA E DANÇAVA ANTIGAMENTE NA NOSSA SERRA E SE AINDA NÃO VIRAM AO VIVO ESTE GRUPO VENHAM VELO AO GOULINHO NO DIA 2 DE AGOSTO ACREDITEM NÃO SE ARREPENDERAM DE CERTEZA QUE FICA GRAVADO NA VOSSA MEMÓRIA ESTE GRUPO QUE TAMBÉM TEM SABIDO REPRESENTAR A FREGUESIA DE POMARES E O CONCELHO DE ARGANIL. Até lá um abraço para todos os dançarinos cantadores e todos os que nesse dia nos visitarem
De Sebastiao batista a 3 de Setembro de 2009 às 21:35
Boas noites António Assuncao! Ao ler a sua crónica da Romaria da Senhora das Preces, revivi com saudade os meus tempos de garoto dos anos quarenta e cinquenta na minha terra natal Cebola.Recordo-me como os meus conterraneos num grande e alegre grupo de peregrinos, carregados com cabazes e cestos de merendas, numa grande fila subiam a serra ingreme na direccao norte, a caminho do Vale da Maceira. A Festa para eles já comecava na partida. Sebastiao Batista Cebola/Berlim
De ANTONIO ASSUNÇÃO a 7 de Setembro de 2009 às 12:08
Sr Sebastão é para mim gratificante saber que muito longe ai em Berlim á um Portugues que visita o meu blog amigo Sebastão volte sempre é um prazer tambem para mim visitar o blog da sua terra São Jorge da Beira todos os dias lá vou ver as nuvidades.
Para si Sr Sebastão vai um abraço grande aqui do meu Goulinho para si famila e tambem um abraço para todos os portugueses a trabalhar na Alemanha
António Assunção
VOZ DO GOULINHO
De João Paulo Costa Dias a 8 de Dezembro de 2009 às 16:55
Caríssimo António Assunção,
O PE. JOSE CORREIA DA CUNHA (1917-1977) venerando prior de São Vicente de Fora em Lisboa de 1960 a 1977. Era uma figura digna com uma personalidade requintada, sóbria, simples e de uma vasta cultura que procurava no dia-a-dia dar a todos os seus discípulos, onde estiveram incluídos muitos dos filhos do surto migratório que se dirigiu da Serra do Açor para sua ‘‘ encosta da Serra’’, assim designava Pe. Correia da Cunha a sua paróquia.
Celebrou muitos dos baptismos e casamentos destes seus paroquianos ligados às sublimes aldeias que constituem a maravilhosa Serra do Açor.
A história do Pe. José Correia da Cunha foi muito enriquecida pelo povo dessa região pelo que penso que será um dever levá-la até essa boa gente.
Caro António Assunção, lanço-lhe um desafio e um pedido. Seria possível através do seu Blogue A VOZ DO GOULINHO, criar um Link ao http://padrecorreiadacunha.blogspot.com levando a muitos dos seus ex-paroquianos que hoje vivem por essas lindas paisagens o seu admirado homem de fé, altruísta e magnânimo de uma grande bondade e honradez que foi Padre Correia da Cunha.
A sua memória deverá continuar viva e a iluminar o caminho de quantos o conheceram, ouviram e leram.
Termino com a exortação aos visitantes do seu prestigiado Blogue que colaborem na Homenagem que lhe é devida e tirem dele a utilidade que encerra.
Pelos amigos de
De Rosa a 1 de Julho de 2012 às 10:22
QUANDO E A NOSSA SENHORA DAS PRECES
quero ir comprir uma promesa
De vozdogoulinho a 5 de Julho de 2012 às 10:15
A Festa é sempre no primeiro domingo de Julho. Infelizmente este ano já passou foi no fim de semana passado (domingo 1 de Julho).

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds