As noticias e comentários do dia a dia de uma pequena aldeia da freguesia de Aldeia das Dez no concelho de Oliveira do Hospital.

.Novas noticias

. Nevoeiro de verão

. O CHEIRO DA SERRA

. SÓ DIGO A VERDADE

. PUREZA DE ESPIRITO

. RIO ALVA

. GOULINHO ESTÁ MAIS ...

. MONTE DO COLCURINHO

. FALSOS CRENTES

. ALDEIA DAS DEZ É LIN...

. GOULINHO --- REQUALIF...

. RECORDAR É VIVER

. AMAR A VIDA

. SENHORA DAS PRECES

. TOPONIMIA NO GOULINHO

. GENTE DO POVO

. A MINHA APRESENTAÇÃO

. O QUE SERÁ DO MEU GO...

. RECADOS

. ERICA VULGARES-----URZE

. MARCHA DO GOULINHO

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

A minha geração...

Foi uma geração sacrificada com falta de muita coisa. Faltava quase tudo, o que nos dias de hoje é essencial para o nosso desenvolvimento como seres humanos e a que hoje se não dá o devido valor devido a tanta abundância… Muito em especial o termos de ir para a tropa, para outras terras, outras paragens, defender a Pátria nas várias frentes de combate Angola, Moçambique e Guiné. Fomos mentalizados a defender a Pátria e os Portugueses que lá viviam e se por um lado foi uma geração sofrida por outro lado ela não deixou de ser também com muitas tristezas e muitas adversidades.  Uma geração rica em formação, mudando mentalidades e comportamentos, ensinando-nos os caminhos da sociedade, da honradez, do sentido de responsabilização no trabalho e no respeito tanto pelo país, como pelo nosso semelhante, sem esquecer a fé em Deus...

As dificuldades também têm virtudes, se não vejamos quantos jovens saíram das nossas terras com uma mão à frente e outra atrás levando num saco uma camisa e umas calças, às vezes uns sapatos emprestados deixando os seus pais com amarguras no coração. Muitas mães choraram ao verem os filhos partirem para as mais variadas cidades principalmente "Lisboa". Nunca do lugar onde nasceram teriam saído se não fosse a privação da alimentação, da roupa para vestir, dos sapatos que não tinham, dos transportes que não havia para os levar à escola, a electricidade que não existia (era à luz da candeia) tal como o telefone. Hoje há o telemóvel e o computador… tudo isto e muito mais para a actual geração.

A guerra em África não foi só morte e estropiados para os que foram envolvidos, tirando claro aqueles que por infelicidade lá morreram, essa guerra também serviu para desinibir rapazes tacanhos, alguns até analfabetos. Saídos das nossas terras, do interior deste país, lutando para não morrerem abriram os olhos à força aprendendo a enfrentar as dificuldades da vida. Aprenderam a ser solidários, mais amigos, mais atentos às ciladas da vida. O conforto e o amparo eram-lhes dados pelo colega do lado… Só quem nesse meio viveu lhe pode dar o verdadeiro valor! Essa guerra maldita serviu para fazer grandes amizades e grandes confidentes.

A minha geração sem as tecnologias de hoje que são tão banalizadas soube fazer uma aprendizagem de cálculo mental não tínhamos máquinas calculadoras, tínhamos sim a tabuada na cabeça. Não respondíamos mal aos professores, tínhamos por eles carinho e respeito e quando ele faltava lá estava a menina-de-cinco-olhos… Não vi nenhuma criança nesse tempo sem uma orelha, coxo ou marreco com a porrada que o professor lhe dava… Ai daquele que maltratasse o professor chegava a casa e sabia que era a mãe ou o pai que lhe chegava a “roupa ao pêlo” a palavra “psicologicamente afectado” não existia…

Em suma, uma geração que espalhou pelo país gente que sobe criar riqueza, criar postos de trabalho na indústria hoteleira como todos sabem noventa por cento das pastelarias, cafés e restaurantes são de gente oriunda da beira alta e beira baixa. Nos serviços de táxi também temos muita gente, bem como noutros ramos de actividade.

Gente que não pertencendo à classe patronal chegou com mérito a muitos lugares de chefia nos mais variados serviços, operários onde tudo se lhe pode confiar, enfim uma geração de gente educada, trabalhadora, empreendedora e honrada.

 

 

António Assunção 

 

publicado por vozdogoulinho às 08:00
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Luis antunes a 15 de Maio de 2009 às 13:59
Meu caro amigo Assunção
ao ler vesta sua mensagem pus me a pensar nesses tempos dificieis que a gente passou e ao mesmo tempo verifico que em relação á vida agitada que hoje temos, foram ainda assim belos tempos
Temos muitos episódios para contar
cada um dde nós deve ter passado por situações identicas mas algumas eram muito proprias de cada um
Hoje o que é que podemos guardar para os nossos filhos e netos?
pior que antigamente
Ficamos mais livres veem se decobertas que jamais pensariamos ver, novidades etc etc
no entanto a fome continua, agora ainda mais acentiuada só que na maior parte dos casos semiabafada
a guerra continua agora até mais generalizada
e a qualidade de vida ficou e esta ficando a cada dia que passa muito pior
gostei desta sua mensagem, acho que muitos da nossa geração se recordam dos maus bocados mas tambem dos bons momentos que passámos
um abraço
Luis Antunes
De NS a 17 de Maio de 2009 às 16:48
Caro António,
É sempre um prazer passar por aqui.
Um abraço das Terras de Algodres,
NS
De joão batista a 22 de Maio de 2009 às 22:17
sem duvida uma bela historia de vida
De António a 23 de Maio de 2009 às 20:45
António Assunção,
Obrigado pela visita ao Beijós XXI,
já coloquei um link para A Voz de Goulinho.

Votos de muito sucesso.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds